Como criar um relatório de sustentabilidade: dicas práticas

Dicas e exemplos práticos de como criar relatórios de sustentabilidade incríveis
Avatar del autor

Cristóbal Duarte

Tiempo de lectura

6 minutos

icon

março 7, 2024

Índice

Quem lê os relatórios de sustentabilidade?

Sejamos realistas: poucas pessoas lêem relatórios de sustentabilidade. Estamos falando de documentos altamente técnicos, geralmente com mais de 50 ou até 100 páginas. 

É preciso muito esforço para fazê-los e, quando você termina, sente que já realizou a parte mais difícil. Mas isso é apenas o começo. A boa notícia é que, sim, o “pior” já passou, mas falta tudo o que diz respeito ao compartilhamento e à interação do público.

A geração de relatórios nunca é um desperdício de tempo e recursos. Pelo contrário, serve para estabelecer as bases sobre as quais construir. Em termos de sustentabilidade, o que temos agora é o que nos permite saber onde estamos e talvez para onde iremos.

Respire fundo e prepare-se para a próxima etapa. É hora de compartilhar esse conteúdo e gerar engajamento entre as pessoas. Com um pouco de esforço e criatividade, você pode se conectar melhor com seu público, gerar mais interesse e ajudar a divulgar sua mensagem para o mundo. 

E é isso que fazemos na Ecoavantis: usamos todas as informações e conhecimentos contidos em um relatório de sustentabilidade para transformá-lo em uma poderosa ferramenta de comunicação.

Por onde começar?

Antes de tudo, é preciso escolher com muito cuidado o que comunicar e destacar. Felizmente, há um entendimento crescente de que a sustentabilidade é uma questão difícil de ser abordada. Agora, estamos mais abertos a empresas que compartilham seus desafios e os dados de que precisam para melhorar, em vez de apenas dizer que está tudo maravilhoso. 

A sustentabilidade é um trajeto que requer um processo de aprimoramento, e não existe um negócio totalmente sustentável. Cada empresa deve encontrar seu próprio caminho.

É muito importante ser cauteloso com relação às declarações e afirmações de sustentabilidade e evitar o greenwashing, ou seja, não fazer afirmações que não tenham um suporte sólido.

Resumo executivo de um relatório de sustentabilidade (HMTX)

Para tudo isso, é necessário ter experiência no assunto, pois pode-se facilmente incorrer em certos riscos ou simplesmente não ser capaz de selecionar, interpretar e comunicar conceitos e dados adequadamente.

Torne seu relatório de sustentabilidade interativo

Se o seu público-alvo não for especializado, sua meta será criar algum tipo de experiência que seja mais envolvente, mais interativa e até mais divertida. É aí que entra o uso de Genially

Devemos estar cientes de que a maioria dos cidadãos não vai querer ou não poderá ler um relatório de 80 páginas, portanto, é essencial ser criativo e pensar em alternativas.

Uma ideia é dividir as informações em partes e dar a elas um formato interativo e animado. Sim, porque tentar explicar todas as informações, sua estratégia de sustentabilidade e os indicadores de desempenho do ano anterior, tudo de uma só vez, sobrecarregará a parte do seu público que está menos familiarizada com esse tipo de conteúdo, já que sustentabilidade é um problema complexo. 

Neste exemplo, podemos observar como a interatividade é usada para fragmentar as informações. O leitor pode consumir as informações em seu próprio ritmo, interagindo com os elementos.

Infográficos interativos temáticos (Nutreco)

Um desejo: que seja visual!

Outra ideia é tornar as informações o mais visuais possível, mas atenção: antes de tentar compilar todas os seus principais dados em um infográfico, pense no que as pessoas farão com esse conteúdo e forneça contexto para os dados. Mesmo que seja um infográfico de dados, ele deve conter uma narrativa que leve as pessoas do que elas sabem para o que ainda precisam aprender

Como comunicadores, é nossa responsabilidade esclarecer os dados, identificar tendências, descobrir padrões e revelar realidades que não eram aparentes antes. E sempre evite simplificar demais seus dados e mensagens. A sustentabilidade não é fácil e não deve ser simplificada demais.

Resumo de dataviz (Ferrovial)

Gamificação e relatórios de sustentabilidade: deixando tudo ainda melhor

Para criar mudanças e tornar seus relatórios inovadores, você precisa despertar a curiosidade por algo diferente. Por que não desafiar as pessoas a jogar com você em relação à sua estratégia de sustentabilidade e ver o que elas sabem ou não sabem? 

Os jogos podem ser uma ótima maneira de gerar interesse nas pessoas e ensiná-las de forma divertida sobre conceitos importantes que elas precisam entender para fazer parte da mudança necessária na sociedade e no local de trabalho.

É para isso que usamos a gamificação. A gamificação é a implementação da dinâmica de jogos em ambientes que não são de jogos. A técnica é usada em tudo, desde sistemas bancários até dispositivos de condicionamento físico, e nosso cérebro a adora . 

A mecânica do jogo nos motiva porque fomos socialmente condicionados a responder a recompensas e punições. Recompensas gamificadas, como insígnias e prêmios, são fortes disparadores neurológicos para o envolvimento humano porque temos um coquetel de substâncias neuroquímicas que respondem à estimulação. 

Para usar isso a seu favor, você pode criar minigames para sua equipe ou para seus clientes e consumidores. Você pode basear sua gamificação em fatos divertidos sobre sua empresa ou em fatos e questões importantes que deseja influenciar com sua mudança.

Este minigame relacionado ao conteúdo do relatório de sustentabilidade da Nutreco é um exemplo incrível:

Sua equipe: seus melhores influenciadores

E não vamos nos esquecer de um dos grupos mais importantes a serem abordados! A equipe de trabalho.

A realidade é que a fonte mais confiável de informações sobre uma marca ou empresa são as pessoas que trabalham para ela, conforme destacado, por exemplo, pela pesquisa Brand Prism realizada pela Long Dash

No entanto, de acordo com a mesma pesquisa, embora 86% dos funcionários digam que têm orgulho de seu trabalho, apenas metade dos entrevistados disse que publicaria sobre suas empresas nas mídias sociais. Aproveitar esse grupo latente de influenciadores é fundamental porque: 

  1. Não é possível convencer o mundo exterior sem convencer sua equipe. Sem isso, os fundamentos da mensagem serão fracos.  
  2. Se você conseguir convencê-los, eles serão seus melhores embaixadores. As implicações de uma força de trabalho engajada são bastante poderosas. De acordo com um estudo da Gallup de 2020, ter uma força de trabalho altamente engajada gera 20% mais vendas e 21% mais lucratividade, e é provável que haja ainda mais benefícios difíceis de medir, especialmente quando se trata de sustentabilidade.
  3. Se convencer a sua equipe, o relatório do próximo ano e outros projetos de sustentabilidade serão muito mais fáceis de implementar graças à colaboração e à visão compartilhada que você cultivou.

Para isso, você pode implementar campanhas de comunicação interna que se baseiam nas informações do relatório de sustentabilidade e aplicar as técnicas que mencionamos: tornar seu relatório visual e usar interatividade e gamificação. 

Essas campanhas podem ser 100% digitais (por meio da intranet, mala direta interna ou qualquer outra mídia) ou complementadas com formatos físicos, dependendo do tipo de atividade de sua empresa.

📷 Campanha de comunicação interna para funcionários (SGS)

Relatórios de sustentabilidade geniais

Todas essas ideias podem ser facilmente implementadas com Genially, e não apenas o relatório de sustentabilidade. Também é possível criar uma grande variedade de produtos de comunicação derivados dele. 

Na Ecoavantis, e graças ao uso de Genially, oferecemos a nossos clientes uma grande variedade de ideias para reforçar sua estratégia de comunicação corporativa. Criamos peças muito criativas e inovadoras, que são extraídas do  relatório de sustentabilidade e representam um salto qualitativo importante em termos de marketing e comunicação. Para nos despedirmos, deixamos você com este último exemplo.

Resumo executivo de um relatório anual de atividades (IUCN)

Picture of Cristóbal Duarte
Cristóbal Duarte
CEO da Ecoavantis, especialista em visualização da sustentabilidade.

Ler mais artigos

Imagem decorativa com a nova identidade da Genially

Genially: nova identidade e posicionamento

Na Genially, você vai encontrar muitas aventuras interativas, mais gamificação do que nunca, novos elementos visuais… Conheça a identidade mais dinâmica que a nossa marca já teve!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *